Boucing Pink Bow Tie Ribbon Letras Gregas: Tuesday about Movies: Os Instrumentos Mortais - Cidade dos Ossos Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tuesday about Movies: Os Instrumentos Mortais - Cidade dos Ossos

Reações: 

Venho acompanhando essa série de livros [Instrumentos mortais] desde 2010 e quando no ano passando fiquei sabendo da adaptação para o cinema eu não gostei, acho que filmes são filmes e livros são livros, quando um livro vira filme, a coisa vira uma merda... Não fiquei empolgada, não fiquei fusando na net para descobrir spoilers do filme, na verdade, eu fingia que nem sabia que ia virar filme. Passado muitos meses eu deu uma olhadinha no elenco do filme, e eu só pensava numa coisa, [WTF Jace?] Sim, eu odiei com todas as minhas forças o escolhido para o papel de Jace, [Jamie Campbell Bower], desculpe as fãs desse cara mas, ele poderia ser mais feio?

A escolha do elenco para mim é  terrivelmente importante, não estamos buscando uma atriz da moda, não estamos querendo um cara que está na mídia, queremos algum ator similar fisicamente com o personagem do livro, e sim, alem disso queremos que ele trabalhe bem, por que se ele se diz ator, que atue! Cada leitor teve uma imagem do Jace única e peculiar em sua mente, e seria impossível agradar a todos os Jace's criados nas mentes dos fãs, e esse é mais um motivo de que adaptações ficam uma porcaria no final, mas apesar disso, no meu ponto de vista, só há uma maneira de achar o ator certo, permanecer coerente e fiel ao livro, as pequenas descrições que ele contem; E qual é então? Só porque ele é feio? Sim e não, ele foge muito do Jace que imaginei e ficou bem difícil aceitá-lo, mesmo ele tendo atuando relativamente bem... Um verdadeira pena!
Já por outro lado, a Lily Collins como a Clary foi ótima escolha, eu achei que ela pareceu tanto com a personagem, linda de um jeito delicado e inocente e ela trabalhou super bem, o cabelo dela poderia estar um pouco maior, mais cheio, poderiam ter colocado uns apliques... Mas estava muito bom, Ela soube expressar bem a personalidade da Clary corajosa e companheira, o script ficou muito bom mesmo, adorei como ficou a Clary no cinema! 
Mas uma coisa que não posso negar, é a química entre a Lily e o Jamie no filme, os dois dão cada olhada um para o outro que é inacreditável, e foi uma das coisas que fez eu aguentar esse Jace, trabalharam super bem juntos e parece que na vida real surgiu até um "affair" entre eles, mas é que a Lily no meu ponto de vista é muito linda, mas imagino que o Jamie pessoalmente deve ter seu charme.  
Muitas cenas de "beija ou não beija", mas quando finalmente acontece ficou bem maneiro com uma "pegada" legal! Tem vários diálogos entre eles que ficou bem parecido com o livro, o Jace é cínico, metido e arrogante no livro e no filme faltou um pouco, ficou bom mas foi pouco comparado com o livro.   
O ator que fez o Simon Lewis [Robert Sheehan] também não era o biotipo de cara que eu imaginei, o meu Simon não era feio, era apenas tímido, uma vez que nos livros o ciúmes do Jace com ele é tanto que só vendo o Simon como um cara "pegável" neh! Mas o Robert não é feio, só que tem cara de completo idiota e é diferente do que eu imaginei, mas combinou, provavelmente ele vai melhorar muito no próximo filme - imagino que todos sabem porque, com aquele grande spoiler do filme! Lembrando que é bem diferente do livro essa parte.... Mas ele trabalhou super bem e eu nem quis matar ele! 
Godfrey Gao como Magnus Bane é tipo, esquisito mas ficou legal só achei que ele mal aparece, e o restante de atores ficou legal, eu curti. 
Muitas cenas ficaram parecidas com as do livro, mas mesmo elas sendo parecidas houve grandes mudanças, no livro o Jace e a Clary saem juntos em missões suicidas que não envolvem o restante do grupo, no filme eles estão sempre grudados com o Alec e a Isabelle, achei também que os personagens foram pouco explorados. 
Jemima West como  Isabelle Lightwood ficou foda, e a personagem dela foi meio que menosprezada, o Alec ficou muito massa de foda, o Hodge ficou bom, eu esperava ver Rafael,[líder dos vampiros] ele será um personagem importante na série, mas com certeza ele deve aparecer no próximo filme. 
Muitas cenas de  ação, muitos demônios, Jace batendo geral, mas gostei muitos das cenas em que a Clary escolhe o Simon ao invés do Jace, porque no livro é assim, e ele se morde de ciumes,  o Jamie fez as cenas super bem! As cenas que a Clary "luta" também ficou demais, com aquela roupa minúscula e de salto, ficou tipo, bem sexy![ihihihihih] . Numa visão geral ficou bem parecido com o livro sim, até o script ficou parecido, acontece que é uma versão hiper resumida da coisa toda! 
Eu não gostei do final, ter dado tanto spoiler, foram spoilers do Simon, do Jace e  Clary, spoilers para todo lado, no próximo filme não vai ter surpresa de nada, e muitas coisas a gente só descobre bem mais para frente no livro. 
Por exemplo, Hodge conversando com o Valentim no final do filme, e dai Hodge conta que Clary esta apaixonada por Jace, e eles inventam uma coisa pra contar aos dois pra estragar o romance, nós leitores, só vamos descobrir que é mentira junto com os personagens no terceiro livro, e no filme, mostra que é mentira e os telespectadores  sabem que não é verdade todo o tempo, que graça há nisso?  
As musicas ficaram lindas, eu amei!AMEI! 
1. "Into the Lair" Zedd
2. "Magnetic" Jessie J
3. "17 Crimes (LA Riots Remix)" AFI
4. "Heart by Heart" Demi Lovato ♥
5. "Bring Me Home" Youngblood Hawke
6. "When the Darkness Comes" Colbie Caillat ♥
7. "Strangers" Seven Lions com Myon & Shane 54 feat. Tove Lo 
8. "Bear" Pacific Air 
9. "All About Us" He Is We feat. Owl City
10. "Almost Is Never Enough" Bassnectar ♥
11. "Start a Riot" Jetta 
12. "Strange Days" Bryan Ellis
"Há um mundo escondido dentro do nosso. Para entrar, você deve ser escolhido"

3 comentários:

Stephanie Antunes on 25 de outubro de 2013 18:19 disse... [Responder comentário]

o que falar? eu tive uma surpresa boa enquanto assistia até porque eu torci para o Jamie ganhar o papel no lugar do Alex porque não acho que ele atua muito bem...
E eu sai do cinema beem feliz, claro que o Hodge falando aquilo deu raiva até porque era algo que ainda não descobri lendo e a angustia dos dois no 1º livro, mas a cara do Jamie quando disseram que eram irmãos... *_*
e ele tocando piano foi lindo... sem mais, sem mais... kkkkk
Apesar de todas as críticas eu gostei muito.
amei o blog e queria ter mais paciencia para fazer o meu ficar mais bonitinho assim... kkkkkk
beeijos
Seguindo...
www.minhasegundaface.blogspot.com.br

Luciana mts on 29 de outubro de 2013 21:02 disse... [Responder comentário]

Amei seus comentários! Muito parecidos com o que eu pensei sobre o filme também!
Até hoje eu não sei explicar se eu gosto do Jamie como Jace ou não! O meu Jace era diferente. hunf
Eu até tentei achar o Jamie bonito, mas acho que ele só tem algum charme mesmo. Acho que o olhar é bem o que eu esperava do Jace,
Já o Simon, achei com cara de bobo ao extremo. Eu espero que, com o grande Spoiler, que eu me recuso a comentar porque aqui é SEM SPOILER haha, ele deve melhorar, sim. Mas não muito. rs

E queria ver mais de Magnus Bane.

Mas enfim, como voce disse, quando fazem adaptações pro cinema, não tem como, vira uma merda.

A gente sempre assiste analisando tudo e nunca vai sair feliz.
Principalmente se for um filme de uma série como Os Instrumentos Mortais, que contém tantos detalhes que precisam estar presentes pra dar sentido à coisa!

Bjs, Lu
Blog: Sem Spoiler

Rafaela Fernandes Dela Hóz on 4 de novembro de 2013 07:50 disse... [Responder comentário]

Ai eu não curto muito a Lily Collins, mas eu até to muito afim de ver esse filme, parece ser bem legal! Mas esse carinha aí é bem feio! Feio que me doí!!!

Oww o livro parece ser bem dah hora!!
bjoss

Postar um comentário

Gostaria muito de saber o que você achou da matéria, por favor deixe seu comentário, critica ou opinião! Podemos conversar sobre isso!!!
Comente! Comente! Comente! Comente! Comente! Comente! !!! *___*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Letras Gregas Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei